Reviews

[review] Divirta-se com fichas infinitas em ‘The Pierhead Arcade’

E se você tivesse fichas infinitas naquelas máquinas de parque de diversão (ou shopping centers), o que você faria? Passaria horas brincando até conseguir todos os prêmios? Bom, esta é mais ou menos a proposta de ‘The Pierhead Arcade’, game desenvolvido pelo estúdio canadense Archiact Interactive, que também já lançou ‘Waddle Home’ para PSVR, entre outros games VR em outras plataformas.

‘The Pierhead Arcade’ traz um total de 16 jogos/máquinas, que vão desde boliche, boxe e basquete a uma grande quantidade de jogos que envolvem acertar bolas de diferentes tamanhos no lugar certo. Para quem gosta de atirar, o game tem duas galerias – uma com revólver (de munição infinita) e outra com escopeta (na qual é preciso usar uma das mãos para recarregar). De acordo com o desempenho nos games, você ganha tíquetes e, somando vários desses tíquetes, você pode pegar seus prêmios na cabine central.

Para jogar, é obrigatório ter um par de Move Controllers (não há suporte ao Dualshock 4). A movimentação do jogo se dá através de teleporte e os comandos são bastante simples. No entanto, para girar o corpo, os desenvolvedores optaram por criar uma bússola, que na minha opinião não funciona tão bem como deveria e deixa o jogador meio desorientado.

Em geral, a física do jogo funciona bem, especialmente no basquete e em outros games de arremessar bolas. No entanto, parece que no boliche ela deixa um pouco a desejar, já que a bola não faz curva nem pega efeito.

Como disse lá em cima, você tem fichas infinitas no jogo, todos os brinquedos estão liberados desde o início e você pode passar o tempo que quiser em cada um deles. Mesmo porque você estará completamente só no jogo e não precisa dividir as máquinas com ninguém. Aliás, talvez esse seja um dos defeitos do game. Ele é totalmente single player e você se vê em um ambiente sem nenhuma viva alma por perto. Não existe interação com outros jogadores – a não ser pelos placares de líderes – cuja pontuação você nunca conseguirá chegar perto, acredite.

Também não há NPCs (pra quem não é nerd, NPC significa “non-player character”, ou personagem não controlável). Por um lado isso é bom, se nos lembrarmos do chato que não sai do seu pé em ‘Carnival Games VR’, um jogo com proposta semelhante à de ‘Pierhead Arcede’. Por outro, a ausência do “elemento humano” pode deixar o jogo um tanto monótono – e é provável que você se sinta num arcade fantasma no meio do nada.

VEREDITO

‘The Pierhead Arcade’ é, sem dúvidas, um jogo despretensioso. Os gráficos são bem trabalhados, o som é OK e os controles não chegam a prejudicar (desde que você se acostume com a bússola). É uma boa opção para descontrair as crianças ou os amigos durante uma festa. No entanto, a inclusão de um multiplayer online (nos moldes de ‘Sports Bar VR’) poderia deixar a jogatina mais interessante. Nota: 7,0.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Jogo: The Pierhead Arcade
Estúdio: Archiact (www.archiactvr.com)
Gênero: Arcade, simulador
Data de lançamento: 30 de janeiro de 2018
Plataformas: Playstation VR (usada neste review), HTC Vive e Oculus Rift
Preço: R$ 45,90 (PS Store Brasil) | US$ 14,99 (PS Store EUA)
Tamanho do download: 496 MB
Idioma: Inglês
Controles suportados: Um par de Playstation Move Controllers (sem suporte ao Dualshock 4)
Jogadores: 1

[Este review foi feito com jogo digital cedido pela Archiact]

Assista ao trailer de lançamento de ‘The Pierhead Arcade’

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s