Reviews

[review] ‘Statik’ te obriga a pensar dentro e fora da caixa

Vamos direto ao ponto: ‘Statik’, do estúdio sueco Tarsier, é um jogo fenomenal. Quase um ano após o seu lançamento, o game continua ostentando o posto de melhor puzzle disponível no Playstation VR. Mas o que faz esse título exclusivo do PSVR ser tão especial? Bom, se você já jogou a demo gratuita disponível no “demo disc 1” e na PS Store, deve ter uma ideia do que estou falando.

Aproveite: ‘Statik’ está em promoção esta semana, com até 60% de desconto

No jogo, se vê diante de uma engenhoca em forma de caixa que prende suas mãos e terá que descobrir sozinho os mecanismos que desativam o artefato. Cada puzzle é uma espécie de teste, acompanhado de perto por um cientista grisalho, chamado Dr. Ingen, que te passa (pouquíssimas) instruções.

Ao todo, são 10 puzzles, incluindo aí um puzzle intermediário que libera as próximas fases. Além disso, entre algumas fases, você passa por um teste psicológico em que, aparentemente, não há resposta errada.

Cada puzzle é único, totalmente diferente dos demais, e tem seus próprios mecanismos de desativação. Por várias vezes durante o gameplay, me vi diante de soluções que pareciam impossíveis. Apesar disso, consegui terminar o jogo em cerca de 4 horas. Mas é possível fazer em menos tempo, dependendo do seu nível de atenção, que precisa ser constante. Um detalhe pode ser vital.

Há uma aura de mistério que permeia todo o game, enfatizada especialmente pela estática (a “statik” do título) que te impede de ver o rosto do cientista que conduz os testes e o seu próprio rosto, no espelho. Mas não é só isso. Você não sabe quem é ou o que está fazendo ali. Só sabe que tem que participar dos testes.

Tem um fator que chega a ser engraçado e às vezes irritante, conferindo um pouco mais de tensão no jogo. De tempos em tempos, o cientista faz um barulho terrível ao “sorver” o seu café (ou seja lá o que tenha na sua caneca). É muita falta de consideração com quem está se concentrando para resolver um intrincado quebra-cabeças.

Para jogar o game, é necessário apenas um Dualshock 4, cujos botões vão simular os controles da caixa de detenção. Você vai usar todos os botões do controle e é bom conhecê-lo bem. Não há suporte aos PS Moves, muito menos à Aim Controller, obviamente.

A sensação de imersão no game é forte e você sente realmente que suas mãos estão presas no dispositivo. Você pode girar a caixa e observar cada um dos lados, para tentar decifrá-la e descobrir como desativá-la. Quer mais um pouco de imersão? Experimente prender ou atar seus pulsos enquanto joga. Será um estímulo a mais para conseguir decifrar o enigma rapidamente.

Há ainda um modo multiplayer local, no qual o segundo jogador utiliza um smartphone para passar instruções ao jogador que está com o headset. É bem interessante, pena que seja limitado a um único puzzle.

Graficamente, é um jogo bem bonito, com cenários, personagens e objetos bem construídos. O áudio também transmite na trilha sonora um certo desconforto, apesar das músicas soarem agradáveis. Os aparelhos dão pistas sonoras que ajudam a resolver os enigmas.

O jogo está todo em inglês, com legendas no mesmo idioma. Não há suporte ao português do Brasil, o que pode dificultar um pouco a compreensão da história, contada pelo próprio cientista e por gravações em uma secretária eletrônica.

REPLAY E FINAL ALTERNATIVO

O único ponto negativo do jogo – como é próprio de qualquer puzzle – está no fator de replay. Depois que você descobre o que fazer em cada teste, perde bastante a graça. Mas não totalmente: o game tem um final alternativo que você destrava ao realizar uma série de ações. Se o final normal já é intrigante, o encerramento alternativo consegue ser ainda mais.

Além disso, o game tem troféus, incluindo o de platina, o que também pode extender um pouco mais a sua vida útil do game.

VEREDITO

‘Statik’ é um puzzle original, inteligente, com roteiro bem construído e graficamente bonito, que só faz sentido se jogado em RV. Você pode até não gostar deste tipo de jogo, mas as qualidades dele são evidentes. Não há nada que o deprecie. É uma experiência desafiadora que qualquer jogador deveria experimentar. Ele te obriga a pensar dentro e fora da caixa. Nota: 10/10.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Jogo: ‘Statik’
Estúdio: Tarsier Studios (http://tarsier.se/ourwork/statik)
Gênero: Puzzle
Data de lançamento: 24 de abril de 2017
Plataforma: Playstation VR (exclusivo)
Preço: R$ 61,50 (PS Store Brasil) | US$ 19,99 (PS Store EUA)
Espaço em disco: 1,17 GB
Jogadores: 1 (campanha principal) | 2 (cooperativo local, com uso de smartphone)
Idioma: Inglês (áudio, legendas e interface)
Controle suportado: Dualshock 4
Jogadores: 1 (sem modo online)

[Este review foi feito com jogo digital adquirido por mim mesmo]

Assista ao trailer de ‘Statik’

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s