[sorteio + review] Concorra a uma mídia digital do aplicativo ‘Homestar VR’

O canal PSVR Brasil vai sortear uma key (mídia digital) do aplicativo ‘Homestar VR’, para Playstation VR (PSVR). Para participar, basta cumprir um ou mais passos na página de sorteios Gleam. O link está logo abaixo. Quanto mais inscrições fizer, mais chances você tem de ganhar. O sorteio será realizado no dia 19 de julho de 2018. Atenção: para utilizar o prêmio, é necessário ter uma conta da Playstation Store da Europa.

[Inscreva-se no sorteio clicando aqui]

Assista ao nosso review de ‘Homestar VR’

[Confira aqui nosso review escrito do aplicativo]

[review] ‘Homestar VR’ coloca um céu estrelado dentro do seu headset

Você já visitou um planetário? Tem curiosidade de saber mais sobre as estrelas e constelações? Gosta de ouvir sobre os mitos gregos que deram nome a estas constelações e, por consequência, batizaram todos os signos astrológicos do Ocidente? Se a resposta a algumas dessas perguntas foi positiva, você pode se interessar por ‘Homestar VR’, que foi lançado em dezembro do ano passado na PS Store do Japão e agora chega, em versão em inglês, para a América do Norte e Europa.

‘Homestar VR’ é um aplicativo criado pelo estúdio The Pocket Company e licenciado pela Sega Toys a partir de um equipamento, chamado de Homestar, que projeta um céu estrelado em qualquer ambiente da sua casa. O equipamento foi desenvolvido por pelo engenheiro japonês Takayuki Ohira e é um sucesso de vendas, com mais de 1,1 milhão de unidades comercializadas em todo o mundo.

Enquanto as versões do projetor Homestar exibem cerca de 60 mil estrelas, ‘Homestar VR’ se aproxima dos números de planetários reais, projetando cerca de 2,5 milhões de estrelas. Você pode pensar: “Ah, mas se for só pra olhar estrelas, eu vejo do quintal de casa”. Mas é bem assim. Nada se compara a observar o céu real, é verdade. No entanto, as condições climáticas, como a ausência de nuvens e até a umidade, são determinantes para que você possa observar bem as estrelas. Quem nunca se decepcionou ao tentar ver um eclipse diante de um céu nublado, por exemplo? É exatamente esta experiência de um “céu limpo” que o ‘Homestar VR’ visa proporcionar, com alguns recursos extras.

Assista ao review em vídeo de ‘Homestar VR’

O aplicativo possui três seções. A principal delas, ‘VR Celestial Planetarium’, recria o ambiente de um planetário. Você escolhe entre as quatro estações do ano para assistir a explicações sobre as constelações visíveis no céu durante cada época do ano. As explicações estão em inglês (ou japonês), sem opções de legendas em qualquer outro idioma. Saber esta língua estrangeira, portanto, é importante para aproveitar melhor a experiência.

Os desenhos das constelações vão surgindo um a um, enquanto a locutora vai fazendo algumas perguntas (retóricas, por sinal, já que você não tem como responder) e conta as lendas por trás das mais famosas constelações do universo. Destaque, claro, para as constelações que regem cada um dos 12 signos astrológicos do Ocidente. Infelizmente, há poucas informações em termos astronômicos – algo que, pelo menos eu, esperaria de um aplicativo como esse.

Nesta seção, você pode optar por observar o céu dentro de uma réplica virtual de um planetário (“Classic Planetarium Mode”) ou usar o modo “Full Celestial”, em que você se vê rodeado por estrelas de todos os lados. Conforme as constelações vão aparecendo, você precisa virar o pescoço ou mesmo permanecer com o queixo para cima durante um bom tempo, já que não há nenhum botão para virar a câmera. Como cada explicação dura cerca de 6 minutos, isso pode ser meio incômodo.

homestar2

OBSERVAÇÃO LIVRE

Em uma segunda seção do aplicativo, chamada de ‘Starry Sky Selection’, você pode escolher por observar o céu estrelado em sete lugares específicos espalhados pelo mundo, como a Ilha de Páscoa, no Chile, e o Monte Fuji, no Japão. Este modo permite que você troque a trilha sonora (são várias as opções de músicas relaxantes) ou mesmo desligue o áudio. Se quiser, você pode aumentar a velocidade com que o céu se move (em até 500x).

Mas a imersão nestes pontos turísticos fica meio prejudicada, porque os elementos dos cenários soam muito artificiais. A aparência deles é bem plana, como se fosse uma foto colada no cenário, com exceção de uma casinha inserida no Lake Tekapo, localizado na Nova Zelândia. Outros pontos turísticos são o Matterhorn ou Monte Cervino (nos Alpes Suíços), Uyuni Salt Lake (o maior deserto de sal do mundo, na Bolívia) e Mauana Kea (vulcão extinto no Havaí) e o Jasper National Park (no Canadá). Quatro deles você libera após assistir às quatro explicações do modo planetário.

O terceiro modo do aplicativo se chama ‘World Sky Time Travel’. Diante de um globo com jeitão de Google Earth, você pode escolher qualquer lugar do mundo para observar o céu naquele lugar. Mas não há qualquer cenário: é só você e o céu. Além disso, você pode escolher qualquer data entre 1901 e os dias atuais. Quer saber como estava o céu no dia do seu aniversário? A resposta estará lá. Nesse modo, você também pode trocar a trilha sonora e acelerar a velocidade de movimento do céu, além de marcar as constelações e planetas.

O aplicativo é totalmente livre de enjoo de movimento – você passa o tempo todo parado enquanto observa os corpos celestes. Para navegar entre os menus, usa o Dualshock 4. Graficamente, não há nada de muito fantástico e imersivo – mesmo porque o próprio PSVR tem as suas limitações para observação de objetos muito distantes. Isso, porém, não prejudica a experiência.

homestar3


VEREDITO

‘Homestar VR’ é um aplicativo de observação de estrelas. Não espere nada além disso. Não há opções para se aproximar mais das constelações, planetas ou algo do tipo. Não há muitas informações de caráter astronômico. Por mais apelo que tenha aos aficcionados pelo tema, isso representa uma limitação para o grande público. Observar um céu estrelado de 2,5 milhões de estrelas é maravilhoso. Mas a experiência em VR nem se compara à experiência real. NOTA: 6,5/10.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Título: ‘Homestar VR’
Estúdio: The Pocket Company/Sega Toys
Gênero: Aplicativo
Plataformas: Playstation VR (usada neste review) e HTC Vive
Data de lançamento: 29 de junho de 2018
Preço: US$ 9,99 (PS Store EUA) | 16,99 EUR (PS Store Europa)
Idioma: Inglês e Japonês (áudio e interface – sem legendas)
Controles: Dualshock 4
Jogadores: 1 (sem modo online)
Espaço em disco: 265 MB

[Este review foi feito usando um PS4 Pro, com mídia digital cedida pela The Pocket Company/Sega Toys]

Assista ao trailer de ‘Homestar VR’

Dois novos conteúdos VR foram adicionados à Playstation Store. Conheça!

Dois novos conteúdos para Playstation VR foram lançados hoje na PS Store: o puzzle
‘Esper’ (Coatsink Software) e a experiência ‘Homestar VR’ (The Pocket Company). Os reviews dos dois já estão disponíveis aqui no blog. ‘Esper’ pode ser encontrado na loja online do Brasil, ao precinho camarada de R$ 27,90 (ou US$ 8,99 na loja americana). Já ‘Homestar VR’ não está disponível na loja brasileira, mas pode ser conferido na PS Store dos Estados Unidos por US$ 9,99.

Confira o review de ‘Esper’

Confira o review de ‘Homestar VR’

‘Esper’ é um puzzle fantástico, com 25 fases e cerca de 3 a 4 horas de gameplay. Você é uma espécie de mutante com poderes de telecinese que está passando por uma série de testes. Divertido sem ser frustante, o jogo foi lançado originalmente para PCVR (já teve inclusive uma continuação) e agora chega ao Playstation VR. Ele está todo em inglês (com legendas no mesmo idioma) e pode ser jogado com o Dualshock 4 ou um PS Move. E o melhor: você pode controlar os objetos com o poder da sua mente! Melhor dizendo, com o tracking do headset. 😀

Já ‘Homestar VR’ é um aplicativo/experiência VR de observação das estrelas. Com foco educativo, o aplicativo funciona como um planetário em realidade virtual. Não espere ver os planetas de perto ou detalhes dos corpos celestes. Ele mostra as constelações de acordo com a estação do ano e o significado por trás de cada uma delas. Ele está em inglês, sem opção de legendas.

Assista ao trailer de ‘Esper’

Assista ao trailer de ‘Homestar VR’

[review] Simples e intuitivo, ‘SculptrVR’ permite você criar suas próprias esculturas

Com mais de 5 metros de altura e 500 anos de história, a escultura ‘Davi’, de Michelangelo, é uma das obras mais imponentes da humanidade. Esculpida em mármore maciço, levou dois anos e meio para ficar pronta e, junto com outros trabalhos primorosos, ajudou a eternizar o artista italiano como um dos maiores gênios de todos os tempos. Se você tem alguma pretensão de aprender a arte deste grande mestre e criar suas próprias obras, acaba de ser lançado um aplicativo que pode diminuir enormemente seu esforço: ‘SculptrVR’, criado pelo desenvolvedor independente Nathan Rowe e SculptrVR Inc.

‘SculptrVR’ permite que artistas amadores e profissionais liberem sua imaginação e criem obras em 3D de maneira rápida, simples e intuitiva. O aplicativo não possui um tutorial, mas em apenas dez minutos você estará familiarizado com as principais ferramentas básicas, que são nove. O aplicativo usa dois PS Moves. Na mão esquerda fica a paleta de cores, ferramentas e o menu (girando o pulso). Na direita, seu “cinzel” virtual, que você usa também para esculpir. Se for canhoto, basta trocar os Moves de mão ou usar o menu para inverter.

‘SculptrVR’ é o segundo aplicativo de criação artística no PSVR e a comparação com o ‘CoolpaintrVR’ é inevitável, mas as diferenças são grandes. Apesar de ‘CoolpaintrVR’ também permitir você criar obras em 3D, as técnicas utilizadas são mais focadas na pintura mesmo. Em ‘SculptrVR’, por outro lado, você pode modelar e remodelar tudo aquilo que você está criando, com ferramentas que te permitem não só entalhar e aparar as arestas do seu trabalho. Ou seja, utiliza o princípio básico da arte de esculpir: transformar matéria bruta em obras de arte únicas.

O seu cinzel virtual pode ter várias formas e tamanhos, para que você possa fazer todo tipo de intervenção. E, para isso, pode mover e girar a peça da maneira que quiser, além de usar um zoom que aumenta em até 10.000x (!) o tamanho dos objetos. Não tem ideia do que é isso? Imagine uma formiguinha de 1 mm de altura. Multiplique por 10.000. Você estará diante agora de uma formigona com 10 metros de altura. Dá uma boa diferença, não? Isso é importantíssimo para poder trabalhar nos mínimos detalhes das obras de maneira bastante precisa. Aliás, precisão é uma das qualidades do aplicativo. O tracking responde muito bem e há até uma opção de incluir diferentes níveis de vibração, para que você sinta melhor o que está esculpindo.

SculptrVR_20180620005216

CLONAGEM

Outra função bastante útil é a de “copiar e colar”. Você pode criar objetos dentro de um cubo, na mão esquerda, e replicá-los quantas vezes quiser no seu trabalho. Tudo o que você cria pode ser pintado usando a cor que você quiser. A paleta é totalmente customizável e inclui tons brilhosos, foscos e “normais”.

‘SculptrVR’ também tem uma função em que você pode estabelecer diferentes camadas a cada um dos “pedaços” da sua criação, permitindo que você escolha entre três texturas que vão deixar a obra mais arredondada ou mesmo com um aspecto pixelado. As camadas também servem para que você trabalhe com diferentes objetos separadamente, impedindo que um interfira no outro contra sua vontade.

Caso erre ou desista de algo, há um botão para voltar. Mas, se mudar de ideia novamente, há outro botão para retornar ao que foi feito. Imagina Michelangelo com essas facilidades? Se quiser destruir tudo, ainda pode fazer de forma divertida: uma das ferramentas é um míssil que pode ser usado de vários tamanhos. Esses mísseis também podem ser usados para esculpir, como se fossem dinamites em uma pedreira.

O seu trabalho pode ser salvo para continuar posteriormente, com save no próprio HD do PS4. Por enquanto, não há opção para exportar para o pen-drive, mas os desenvolvedores garantiram que esta função estará disponível no primeiro update do aplicativo, ainda sem data para sair. Isso permitirá, por exemplo, que as obras virem realidade com o uso de impressoras 3D. Também deve ser incluída uma função para importar objetos e desenhos para servir como referência.

SculptrVR_20180620010058

GALERIA VIRTUAL

Para aqueles com talento ou coragem suficiente, o aplicativo permite que você compartilhe suas criações com os demais usuários, online. Atualmente, a galeria virtual traz 60 obras e é muito interessante olhar cada uma delas de perto para ver toda a potencialidade do aplicativo, em obras que dificilmente você conseguirá reproduzir (pelo menos no meu caso). ‘SculptrVR’ também traz obras de “demonstração”, uma melhor que a outra. As obras mostradas neste review são todas da galeria online – e ficam muito mais bonitas e incríveis “ao vivo”, dentro do aplicativo.

‘SculptrVR’ está em inglês e não tem suporte à língua portuguesa, mas isso não deve ser problema, já que as ferramentas vêm com ícones que mostram claramente para que cada uma serve. Também não possui música, deixando você livre para ouvir suas playlists do Spotify, se quiser.

Ah, para quem gosta de uma platina fácil, lamento informar que o jogo não tem platina, apesar de possuir troféus de bronze, prata e ouro.

SculptrVR_20180620005813

 


VEREDITO

‘SculptrVR’ oferece um excelente rol de ferramentas simples e intuitivas para quem quer se aventurar na arte da escultura sem gastar muito. Imagina fazer uma estátua de bronze sem gastar com bronze? Mesmo para quem não tem dons artísticos, com um pouco de dedicação e planejamento você pode criar trabalhos interessantes. A galeria online é uma ideia fantástica e vamos ficar esperando pelo update (já prometido) que possibilitará exportar os trabalhos e imprimi-los em 3D. Nota: 9,5/10.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Título: ‘SculptrVR’
Gênero: Aplicativo
Estúdio: SculptrVR Inc. (http://sculptrvr.com)
Plataformas: Playstation VR (usado neste review), HTC Vive, Oculus Rift, Windows Mixed Reality, Google Daydream, Oculus GO e GearVR
Data de lançamento: 19 de junho de 2018
Preço: R$ 61,50 * (PS Store Brasil) | US$ 19,99 * (PS Store EUA)
Espaço em disco: 454 MB
Idioma: Inglês (sem suporte ao português)
Controles: 2 PS Moves (sem suporte ao Dualshock 4)
Jogadores: 1 (offline) | Sem modo online
* O aplicativo foi lançado com desconto especial de 10% para membros da PS Plus, saindo por R$ 55,35 (PS Store Brasil) ou US$ 17,99 (PS Store EUA). A oferta é válida só até o dia 26 deste mês.

[Este review foi feito usando o PS4 Pro, com mídia digital cedida pelo estúdio SculptrVR Inc.]

Assista ao trailer de ‘SculptrVR’

‘SculptrVR’ chega ao Playstation VR na próxima terça-feira

A Sony/Playstation divulgou hoje o trailer do aplicativo ‘SculptrVR’, que será lançado na PS Store na próxima terça-feira, dia 19 de junho. Aos moldes de ‘CoolpaintrVR’, o aplicativo permite você criar verdadeiras obras de arte em 3D, usando seu headset de realidade virtual.

Em um artigo publicado no Playstation Blog, o criador do aplicativo, Nathan Rowe, conta quais as funcionalidades que o ‘SculptrVR’ possui e o que os jogadores podem esperar. Para ler, clique aqui (em inglês).

Assista ao trailer de lançamento de ‘SculptrVR’

BBC lança aplicativo gratuito com transmissão dos jogos da Copa em RV

A Playstation Store do Reino Unido disponibilizou hoje o aplicativo gratuito ‘BBC Sport VR – 2018 Fifa World Cup Russia’, que promete “cobertura ao vivo completa de todos os jogos transmitidos pela BBC. Agora você pode experimentar a ação como se estivesse realmente na Rússia”, diz a descrição do aplicativo, na loja online. O aplicativo tem 505 MB e por enquanto só pode ser encontrado na loja online do Reino Unido.

Para utilizá-lo, é recomendada uma conexão mínima de 20MB/s, “para melhor performance”, já que se trata de um aplicativo de streaming.  “Mergulhe no lounge virtual da BBC na Copa do Mundo, onde você pode entrar no estádio para assistir jogos ao vivo, assistir aos melhores momentos das partidas e reviver ações emocionantes do torneio”, diz o texto da PS Store.

No site da BBC, a empresa detalha: “Todos os 33 jogos da Copa do Mundo que serão transmitidos ao vivo pela rede BBC estarão disponíveis para assistir no aplicativo de realidade virtual”.

O aplicativo também está disponível para Oculus e Samsung Gear VR.

Para baixá-lo na PS Store do Reino Unido, clique aqui.

Confira a tabela de jogos do Mundial (fonte: Gazeta Esportiva)

tabela-copa-mobile-completa-v

[review] ‘CoolPaintr VR’ oferece um universo de possibilidades artísticas

Depois de refletir por um tempo, percebi que é impossível fazer um review de ‘CoolPaintr VR’ sem usar expressões como “liberte sua imaginação”, “deixe sua veia artística fluir”, “libere seu potencial” e outras coisas do tipo. “CoolPaintr”, do estúdio espanhol Wild Bit, é o primeiro aplicativo de desenho/pintura/escultura do Playstation VR. Sim, escultura também, porque você vai criar tudo em 3D. Interessou? Então vamos à análise.

Em primeiro lugar, é bom deixar claro: se você não sabe desenhar, não é este aplicativo, exclusivo do PSVR, que vai tornar você um Da Vinci. Mas ele te oferece uma grande quantidade de ferramentas que permitem você criar suas próprias obras. Ou seja, ele te dá a vara e a isca, mas não te ensina a pescar nem te dá o peixe.

O app reúne algumas opções de pincéis, cuja espessura você define com a pressão do dedo no gatilho do PS Move. Apesar de instintivo, esse movimento às vezes pode ser difícil de controlar. Seria muito bom se tivesse uma opção para “travar” a espessura do pincel.

Aliás, falando em controle, o aplicativo usa apenas um Playstation Move e também tem suporte ao Dualshock 4 (obviamente, não dá para usar a Aim Controller – acreditem, eu testei). Seria interessante se houvesse uma opção de usar dois PS Moves, que poderiam facilitar o acesso às ferramentas do jogo – que não são poucas. Em uma mão, poderia ficar o pincel e na outra, a paleta de cores – assim como faz um pintor da “vida real”. Aliás, o próprio “cartaz” do game vende uma ideia enganosa, ao mostrar uma modelo com o headset do PSVR fazendo arte com dois PS Moves.

A paleta de cores é bem diversificada e permite que você crie o tom de cor que quiser. No entanto, não é possível criar sua própria paleta de cores. Para reutilizar a mesma cor que selecionou, é preciso usar o conta-gotas.

Além dos tradicionais pincéis, ‘CoolPaintr VR’ traz ferramentas pra você criar formas pré-definidas, como esferas, cubos, cilindros e muitas outras formas poligonais. Pode também adicionar alguns efeitos animados, como flocos de neve, fogo e poeira. Enquanto alguns efeitos posicionam-se exatamente onde você os coloca, outros, como a poeira, preenchem o ambiente inteiro, criando um efeito 3D bem interessante.

O aplicativo também permite que você visualize grades para te ajudar a orientar seu desenho e fazer formas simétricas. Você também pode mover os desenhos e formas que criar, para onde quiser.

Falando em mover, o aplicativo permite que você exporte suas criações para o disco rígido ou dispositivo USB. O pen-drive também pode ser usado para você importar imagens para dentro do jogo e usá-las como referência em suas criações.

‘CoolPaintr’ tem a interface toda em português de Portugal, facilitando a vida dos brasileiros. Curiosamente, o app ocupa apenas 89 MB de espaço em disco. Sim, apenas oitenta e nove megas. O aplicativo não tem música, mas você pode ouvir sua própria playlist direto do USB ou do Spotify.

Graficamente, não há nada que deponha contra o aplicativo. Tudo é bem nítido e você consegue ver até as texturas das pinceladas, especialmente quando dá um zoom e consegue enxergar em detalhes as coisas que criou, bem de perto. Há também opções para você definir a cor de fundo da sua “tela” e deixar a experiência mais relaxante, entre outras coisas. Falando em tela, seria interessante ter uma opção de fazer obras em 2D, em um espaço mais limitado – como em uma tela mesmo.

CoolPaintr VR
Obra: “Bóris” | Crédito: Paula dos Anjos

VEREDITO

Para quem tem aptidões artísticas, ‘CoolPaintr VR’ é um prato cheio. É uma experiência divertida, intuitiva, imersiva e que pode ser também relaxante. Possui menus e funções simples, que são fáceis de aprender. Algumas adições, como a opção de “travar” a espessura do pincel, poderiam melhorar a experiência. Nota: 9,0/10.

[Este review foi feito com mídia digital cedida pelo estúdio Singular People. Um agradecimento especial à Paula dos Anjos, meu mozão que ajudou a fazer este review e desenhou a carinha do Bóris na foto acima]

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Título: ‘CoolPaintr VR’
Gênero: Aplicativo
Estúdio: Singular People/WildBit Studios (www.wildbitstudios.com/games/coolpaintrvr)
Plataformas: Playstation VR (exclusivo)
Data de lançamento: 8 de maio de 2018
Preço: R$ 71,50 (PS Store Brasil) | US$ 19,99 (PS Store EUA)
Espaço em disco: 89MB
Idioma: português de Portugal
Controles suportados: 1 PS Move ou Dualshock 4
Jogadores: 1 (offline) | Sem modo online

Assista ao trailer de ‘CoolPaintr VR’