[top 5] Os cinco melhores jogos VR em promoção na Flash Sale!

A PS Store está realizando neste fim de semana mais uma edição da Flash Sale!, trazendo mais de duas centenas de títulos em oferta, sendo 17 para o Playstation VR. As ofertas estão bem atraentes e chegam a até 80% de desconto. Na lista abaixo, separei cinco títulos que considero os melhores entre os jogos em oferta, levando em conta especialmente o preço pago por eles na promoção. Todos os cinco estão com 60% de desconto na PS Store do Brasil. Mas atenção: a promoção só vai ate segunda-feira, dia 25.

[Confira a lista completa dos títulos PSVR em promoção]

Vale dizer que, infelizmente, ainda não joguei todos os 17 títulos disponíveis na promoção, casos de ‘Theseus’, ‘Psychonauts in the Rhombus of Ruin’ e ‘Radial-G: Racing Revolved’, que talvez merecessem um lugar nesta lista. Portanto, a relação abaixo é pessoal, mas garanto pra vocês que são ótimos jogos. Por menos de R$ 140, dá pra comprar cinco ótimos títulos para a sua coleção.

TOP 5

Os cinco melhores jogos PSVR em promoção na Flash Sale!

1. DOOM VFR
O lançamento de ‘Doom VFR’ foi cercado de um hype gigantesco – e não é pra menos: pela primeira vez, o shooter que deu origem ao gênero FPS chegava à realidade virtual. No entanto, o jogo, que traz uma história paralela à de ‘Doom’, acabou decepcionando um pouco, pela curta duração (cerca de 2h a 3h) e pelos controles confusos. Mas, com desconto de 60%, torna-se imperdível. Com belos gráficos, herdados de sua versão em tela plana, o título tem vários níveis de dificuldade , oferecendo um bom desafio até no menor deles. É hora de explodir hordas de demônios!
Jogue com: Aim Controller, 2 PS Moves ou Dualshock 4
Idioma: Português
Quanto? De R$107,50 por R$53,75
[Review completo aqui]

2. ARCHANGEL
O que dizer de um jogo em que você controla um robozão semelhante aos do filme ‘Círculo de Fogo’ e sai por aí espalhando destruição sobre tanques, soldados e naves inimigas? Não vejo diversão mais relaxante. O preço cobrado na Flash Sale é uma bagatela (tá certo que ele já chegou a custar incríveis R$ 18 em uma promoção anterior, mas acho difícil que isso se repita). O jogo é um on-rails shooter (nos moldes de ‘Rush of Blood’). Isso significa que você não controla a movimentação do mecha, apenas suas armas e também usa os braços para golpear inimigos próximos e se defender com o escudo. O jogo traz bons gráficos, uma campanha com cerca de 3 a 4 horas de duração, além diversos upgrades para o seu variado arsenal. A sensação de estar pilotando um mecha que responde exatamente aos seus movimentos com os braços é bem imersiva. E o jogo possui vários níveis de dificuldade, sendo difícil até no fácil. Recentemente, ganhou um modo multiplayer para os PCVRs, mas não há previsão de ele vir para o PSVR, infelizmente.
Jogue com: 2 PS Moves (recomendado) ou Dualshock 4
Idioma: Inglês
Quanto? De R$ 91,90 por R$ 36,76

3. THUMPER
‘Thumper’ é um jogo rítmico-musical como nenhum outro. O gameplay lembra um pouco um ‘Guitar Hero’, na época em que você jogava com controle porque não tinha grana pra comprar uma guitarrinha de plástico. No entanto, ele exige uma precisão e uma atenção como nenhum outro jogo do gênero. A velocidade também é assustadora, assim como a temática, que gira em torno de um besouro espacial enfrentando monstros ameaçadores. Aliás, esses monstros ficam incríveis em realidade virtual, assim como a própria ambientação, com túneis macabros que parecem te levar a outra dimensão. Tem um ótimo nível de dificuldade e novos elementos vão sendo adicionados a cada fase. A trilha sonora pulsante dita o ritmo das nove fases do game, divididas em vários trechos, encerrando com uma boss battle cada uma.
Jogue com: Dualshock 4
Idioma: Português
Quanto? De R$61,50 por R$24,60
[Demo disponível no Demo Disc 1 do PSVR. Baixe aqui]

4. DYING: REBORN
Este jogo é um puzzle em estilo escape room que te coloca como prisioneiro em uma espécie de hotel abandonado. Para escapar, você terá que resolver vários quebras-cabeça, que vão aumentando de dificuldade aos poucos. O último deles aparenta ser insolúvel e requer raciocínio bastante afiado. A parte ruim é que são apenas três fases em realidade virtual, por isso só recomendo pegar este jogo em uma promoção, como a atual. O “bundle” contém outras três fases, mas em tela plana. Importante ressaltar que o jogo pode causar um certo enjoo, já que possui movimentação livre, com o controle. Eu não compraria pelo preço cheio, mas pelo valor promocional, as três fases em VR valem o investimento.
Jogue com: Dualshock 4
Idioma: Inglês
Quanto? De R$35,90 por R$14,36

5. EVE: GUNJACK
O último jogo da nossa lista é um shooter espacial do universo de ‘EVE’, o mesmo de ‘Valkyrie’. Neste game, você controla um canhão para proteger uma nave mineradora contra o ataque de centenas de naves. Sim, centenas. Elas vêm em formações aéreas que lembram os antigos arcade shooters. Sua posição é estática, o que torna o jogo livre de enjoo. São várias fases para bater, com alguns bosses pelo caminho. Infelizmente, o arsenal não é muito variado: você conta apenas com duas metralhadoras para dizimar os inimigos. No decorrer das fases, pode coletar alguns power-ups, que dão um pouco mais de variedade à jogatina. A narração, por parte do seu comandante, rende boas risadas, com suas frases de “incentivo”. Pelo preço da promoção, é uma ótima pedida.
Jogue com: Dualshock 4
Idioma: Inglês
Quanto? De R$15,50 por R$6,20

‘Flash Sale’ traz ótimos jogos VR em promoção. Veja o que vale a pena!

A Playstation Store do Brasil iniciou hoje mais uma promoção Flash!, com descontos de até 80% em 218 títulos em promoção para PS4, PS3, PS Vita e PSVR. Para o Playstation VR, são 17 títulos em oferta – e tem algumas coisas boas aí nesse meio! A promoção vai só até a próxima segunda-feira, dia 25.

[Confira um top 5 com os melhores jogos disponíveis nesta promoção]

A maioria dos mais de 200 jogos pode ser incluído facilmente na categoria de “indie”, mas isso não invalida a qualidade deles. Os descontos estão bem atrativos, chegando a até 80% – mas a maioria está na faixa de 60%. É o caso do FPS ‘Doom VFR’, que, com 60% de desconto, saindo por R$ 53,75, está imperdível. Outro excelente título é o shooter ‘Archangel’, saindo por R$ 36,76. Para quem gosta de jogos rítmicos, ‘Thumper’, por R$ 24,60, é compra garantida.

[Clique aqui para ir à página da promoção na PS Store BR]

Abaixo, trago algumas recomendações, destacando que ainda não joguei todos esses games em promoção. Portanto, só posso recomendar (ou “desrecomendar”) o que joguei.

Veja quais são os jogos PSVR em promoção na Flash Sale! (com os percentuais de desconto)

Recomendados 

Doom VFR – 60% – de R$107,50 por R$53,75
Archangel – 60% – de R$91,90 por R$36,76
Thumper – 60% – de R$61,50 por R$24,60
Dying: Reborn – 60% – de R$35,90 por R$14,36
Gunjack – 60% – de R$15,50 por R$6,20
The Solus Project – 60% – de R$61,50 por R$24,60

Não recomendo

Unearthing Mars – 60% – de R$53,90 por R$21,56
Weeping Doll – 60% – de R$30,90 por R$12,36
Dying: Reborn Ultimate Bundle (com versão VR e tela plana) – 60% – de R$76,90 por R$30,76
Pixel Gear – 60% – de R$39,50 por R$15,80
Race The Sun – 80% – de R$20,99 por R$4,19

Não joguei

Theseus – 60% – de R$71,50 por R$28,60
Psychonauts In The Rhombus Of Ruin – 60% – de R$71,50 por R$28,60
Radial-G: Racing Revolved – 60% – de R$45,90 por R$18,36
CubeWorks – 50% – de R$30,90 por R$15,45
Darknet – 70% – de R$45,90 por R$13,77
Space Rift – Episode 1 – 60% – de R$61,50 por R$24,60

‘Doom VFR’ é bom, mas não é tudo o que a gente esperava

Em 1993, quando o primeiro Doom foi lançado para os PCs, a realidade virtual apenas engatinhava. Naquele mesmo ano, o Sega VR – primeira tentativa de levar a RV para os consoles – fracassou de forma brutal e sequer chegou às prateleiras. Motivo: todo mundo que testou o aparelho passou mal.

Agora, 24 anos anos depois, chega ao Playstation VR (PSVR) e HTC Vive Doom VFR (Bethesda/Id Software), trazendo na bagagem mais de duas décadas de bons serviços prestados pela franquia ao gênero que ajudou a inaugurar: o FPS (“first person shooter”). Com toda essa responsabilidade nas costas, será que o Doom VFR faz jus ao original? Será que ele é tão revolucionário e inovador quanto foi o primeiro?

Doom sempre impressionou pela violência gráfica, pelo uso de uma variedade de armas capazes de fazer explodir os inimigos (ou cortá-los em retalhos) e pelas criaturas demoníacas bizarras que você enfrenta. E tudo isso está lá, nesse novo VFR (com exceção da motosserra, o que é uma pena). E é uma experiência magnífica ver tudo isso em realidade virtual, com gráficos lindíssimos e uma definição poucas vezes vista no Playstation VR até hoje. Testei o jogo em um PS4 Slim e não lembro de ter visto qualquer serrilhado. Além disso, o jogo foi totalmente localizado para o português do Brasil, com legendas, interface e dublagem em nosso idioma (tanto a versão da PS Store brasileira quanto a americana trazem essa opção).

No entanto, o jogo tem os seus problemas, infelizmente. A começar pela duração da campanha. Se você for um cara habilidoso ou optar pela dificuldade mais fácil (“Jovem demais para morrer”), o game vai durar no máximo 2h30. Se for no normal (“Um tapinha não dói”), prepare-se para morrer um bocado em determinadas partes – os demônios vêm aos montes e te cercam por todos os lados.

Aí entra outro ponto negativo do jogo: os controles. No PSVR, existem três opções: um par de Playstation Moves, o Dualshock 4 ou a Aim Controller.

CONTROLES

Vamos começar com a pior opção de controles: os PS Moves. Por algum motivo inexplicável, o jogo não permite que o jogador gire o corpo usando botões – pra fazer isso, você terá que girar na “vida real” mesmo. Também não há a opção de movimentação livre usando os moves. Você terá que usar o teleporte – que, inclusive, é uma mecânica inserida na história do jogo, que fala da invasão demoníaca a Marte usando um portal dimensional. No entanto, creio que com alguns minutos de treino, você pode se acostumar. A vantagem aqui é poder usar melhor a arma que está na sua mão esquerda e poder mirar de forma independente.

A segunda opção, o Dualshock 4, oferece mobilidade total e você joga como se fosse um FPS comum. As armas ficam fixas na tela (semelhante ao Resident Evil 7). Esse modo tira um bocado da imersão do jogo, mas, no final das contas, você vai acabar tendo que sacrificar alguma coisa. Com o controle, você também pode optar pelo teleporte (o que evita o enjoo de movimento).

A terceira opção é a Aim Controller, que também não ficou 100%. Vários jogadores relataram se incomodar com a mão que fica fixa do lado esquerdo e sentem como se tivessem uma terceira mão – já que você joga segurando a Aim Controller com suas duas mãos. É uma reclamação válida, mas não é o que mais me incomoda. Para mim, o problema maior é o conflito físico que existe entre a arma que você está segurando na direita e a que fica fixa do lado esquerdo (se você leva a aim para a esquerda, elas ficam brigando por espaço e isso parece gerar problemas de tracking).

Além disso, outro problema é o botão designado para trocar de arma: você tem que fazer isso segurando o Start, que fica em uma posição incômoda e, pelo seu design “afundado”, o botão foi feito justamente para não ser pressionado sem querer. Mas quem conhece Doom sabe que você tem várias armas à disposição e precisa trocá-las frequentemente. Essa seria uma reclamação boba se houvesse uma opção de mapear o controle – o que não existe até o presente momento. Apesar disso, para quem tem uma aim controller, Doom VFR acaba sendo um jogo quase obrigatório, pelas poucas opções que este controlador tem no mercado.


VEREDITO

A sensação, ao terminar o game, é que Doom VFR é um ótimo jogo. Poderia ser melhor, se os controles ajudassem e a campanha tivesse um pouco mais de profundidade. Inevitavelmente, você vai ficar “querendo mais”. Isso, por um lado, é bom, porque mostra que Doom VFR tem potencial.. Se fosse ruim, você nem chegaria no fim. Mas, por outro, é inegável que este VFR fica devendo, por tudo o que a franquia Doom representa e por todas as possibilidades que a realidade virtual oferece. Nota: 7,5.


FICHA TÉCNICA
Jogo: Doom VFR (Bethesda/Id Software)
Gênero: FPS (first person shooter)
Plataforma analisada: PSVR (disponível também para HTC Vive)
Preço: R$ 107,50 (na PS Store do Brasil)
Tamanho do download: 14,4 GB
Idiomas disponíveis: português do Brasil (dublagem, legendas e interface), inglês, espanhol, entre outros
Controles suportados: Dualshock 4 (movimentação livre e teleporte), PS Moves (apenas teleporte) e Aim Controller (movimentação livre e teleporte)

Saiba quais versões de Doom VFR estão em português

O game Doom VFR (Bethesda/id Software) foi lançado na última sexta-feira, 1, e, diferentemente de Skyrim VR, da mesma Bethesda, tem uma versão totalmente em português do Brasil, com dublagem, legendas e interface. Mas nem todas as versões disponíveis nas PS Stores trazem esta opção.

Na PS Store brasileira, logicamente, a versão vendida está totalmente em português. Ela é identificada pelo código CUSA 09125 e, na PSN, custa R$ 107,50. É a mesma versão vendida na PS Store dos Estados Unidos, ao valor de US$ 30,00 (convertendo para reais, fica em torno de R$ 97,50 – sem contar a taxa adicional que seu banco cobra).

Porém, a versão europeia, vendida nas PSNs de qualquer país europeu e Reino Unido (UK), não há opção de jogar em português. Esta versão é identificada pelo CUSA 09125 e custa 30 euros (e é também a que sai mais cara, cerca de R$ 116,10, sem contar a taxa do banco).

Mas existe uma opção mais barata se você não se importa de jogar em inglês. Na loja do Reino Unido (UK), a versão CUSA 09125 sai por 20 libras – cerca de R$ 87,80 (valor sem a taxa adicional do banco).

Se você adquirir uma versão em português mas quiser trocar para o áudio original, terá que trocar o idioma do seu Playstation 4, nas configurações do console. Porém, as legendas e interface também ficarão em inglês.

O JOGO

Doom VFR traz uma história paralela ao jogo de 2016, com campanha totalmente diferente da versão original. Você controla um sobrevivente cibernético que é ativado pela UAC para lutar contra a invasão demoníaca.

O jogo tem suporte para a aim controller, mas você também pode jogar no Dualshock 4 ou com dois PS Moves. Na aim controller e no Dualshock, há suporte para movimento livre ou teleporte. Porém, nos moves, você só pode jogar usando o teleporte.

Assista aqui ao review em português do jogo, feito pelo do canal Jogador Plays.

Doom VFR já está disponível para download

O game Doom VFR (Bethesda/idSoftware) será lançado oficialmente amanhã, mas já está disponível para download na PSN EUA. O preço é de US$ 30,00.

Quem adquirir o game na pré-venda receberá de brinde dois temas para o PS4. Um deles é este que você está vendo na foto acima. O outro será liberado junto com o jogo.

Quem fizer o download poderá jogar a partir das 3 horas da madrugada (horário de Brasília) do dia 1º de dezembro). Mas é bom colocar para baixar logo. O arquivo total tem nada mais, nada menos do que 25GB. [Na minha internet pobretona de 10MB, o tempo de download estimado era de “suaves” 16 horas]

O JOGO

Doom VFR traz uma história paralela ao jogo de 2016, com campanha totalmente diferente da versão original. Você controla um sobrevivente cibernético que é ativado pela UAC para lutar contra a invasão demoníaca.

O jogo tem suporte para a aim controller, mas você também pode jogar no Dualshock 4 ou com dois PS Moves (há suporte para movimento livre ou teleporte).

Assista ao trailer oficial do jogo:

 

Doom VFR chega nesta sexta-feira com legendas e dublagem em português

O jogo Doom VFR (Bethesda/id Software) será lançado nesta sexta-feira, 1º de dezembro, com legendas e dublagem em português do Brasil. Pelo menos é o que informa a Steam, loja virtual para PCs onde pode ser encontrada a versão para HTC Vive do game. A Steam detalha que o jogo tem interface, dublagem e legendas em português (Brasil), além de outros nove idiomas.
Na Playstation Store, não há nenhuma informação sobre o idioma do jogo para o PSVR, mas é bem provável que ele também tenha localização para o Brasil.
Há que se ressaltar que o jogo não está disponível na PSN Brasil. Você pode encontrá-lo na PSN EUA (ao preço de US$ 30,00), na PSN Europa (30,00 euros) ou na PSN Reino Unido/UK (20,00 libras). [Dica de amigo: pela cotação atual, comprar na PSN UK sai cerca de R$ 10,00 mais barato].
Porém, não sabemos qual destas versões terá localização em português BR, já que a versão da PSN EUA é a CUSA 09125 e a da Europa e Reino Unido é CUSA 09090. O CUSA é o código que identifica todos os jogos da Sony e as várias versões de um jogo (de acordo com o país a que se destinam) têm um CUSA diferente.

O JOGO
Doom VFR traz uma história paralela ao jogo de 2016, com campanha totalmente diferente da versão original.  Você controla um sobrevivente cibernético que é ativado pela UAC para lutar contra a invasão demoníaca.
O jogo tem suporte para a aim controller, mas você também pode jogar no Dualshock 4 ou com dois PS Moves (há suporte para movimento livre ou teleporte).

Confira o trailer do jogo: