[top 5] Melhores games do Playstation VR para sua namorada jogar

Diferente dos jogos tradicionais, que podem ser complexos demais para quem não está acostumado com vídeo games, a realidade virtual tem uma série de experiências e games acessíveis a qualquer pessoa, até mesmo à sua namorada ou esposa que não gosta de games. Algumas são experiências curtas, como o mergulho com o tubarão em ‘Playstation VR Worlds’ ou a demo ‘Kitchen’, de ‘Resident Evil 7’, ambas excelentes pra introduzir alguém no mundo da realidade virtual. Com certeza, você já deve ter mostrado uma dessas experiências para sua namorada/esposa, não é mesmo?

Porém, eu gostaria de listar aqui alguns títulos completos, que têm tudo para prender a atenção dela por mais tempo e, quem sabe, torná-la uma gamer como você. Sei que os gostos podem variar muito de pessoa pra pessoa e que fazer uma lista dessas é complicado, correndo o risco de cair em um estereótipo. Desde já, peço desculpas por isso. Mas, na escolha dos games a seguir, levei em conta o apelo de cada jogo e o interesse que as garotas costumam ter quando se trata de jogos. Por exemplo, qual delas nunca jogou um ‘Super Mario’ quando criança? Ou nunca dançou ao som de ‘Just Dance’ e games musicais do tipo? Ela também pode ser fã de filmes de terror. Todas essas categorias, entre outras, estão contempladas aqui.

Para montar essa lista, priorizei também a facilidade de usar os controles – dos quatro, apenas ‘Moss’ usa o Dualshock 4. Os outros utilizam um par de PS Moves, que são mais intuitivos e imersivos. Também escolhi jogos que são praticamente livres de enjoo de movimento. Neste quesito, talvez apenas ‘Until Dawn: Rush of Blood’ possa causar alguma cinetose durante a movimentação do carrinho em trechos mais agitados. O nível de desafio também foi levado em conta, priorizando jogos mais acessíveis ou que têm opções de reduzir o nível de dificuldade. Independente de qual jogo você escolher, saiba que nenhum pode ser considerado “jogo de mulherzinha”. Tenho todos eles e me divirto com todos.

JOGOS GRÁTIS

Além dos cinco jogos que listarei a seguir, há dois games grátis que merecem menção especial: ‘The Playroom VR’ e ‘Rec Room’. Já falei sobre esses dois jogos no post sobre sete jogos completos e de graça disponíveis para o PSVR, então vou dar mais algumas informações para que vocês baixem e testem por si mesmos.

Totalmente em português, ‘The Playroom VR’ é composto por vários mini-games que priorizam o cooperativo local – um jogador usa o headset enquanto o outro joga e acompanha pela tevê. São mini-games bem divertidos, fáceis de aprender, e alguns podem ser jogados em grupo. O ‘Robot Rescue’ dá um show à parte e fez tanto sucesso que vai ganhar um jogo só dele. [Baixe aqui o ‘The Playroom VR’ na PS Store BR]

O outro título, ‘Rec Room’, é bem conhecido de todos os jogadores. A princípio, com tantas opções de customização e coisas para fazer, pode parecer um pouco intimidante para os novatos. Mas com tempo dá para aprender e se divertir bastante. O jogo é todo online, com disputas que incluem paint ball, queimada, lasertag e o novo ‘Rec Royale’, o modo “battle royale” do game. [Baixe aqui o ‘Rec Room’ na PS Store BR]

Bom, chega de blá-blá-blá. Vamos à lista.

TOP 5

Melhores games do PSVR para sua namorada jogar

1. MOSS

Não tinha como iniciar essa lista sem falar de ‘Moss’. Ninguém, nem o ser mais casca-grossa do mundo, é capaz de resistir à fofura encantadora de Quill, a ratinha protagonista de ‘Moss’. E isso vale para sua namorada também. O jogo mistura elementos de puzzle, jogo de plataforma e alguns momentos de combate, em que você usa tanto os comandos tradicionais do Dualshock 4 (para controlar a ratinha) quanto o tracking do controle (para interagir com estruturas metálicas do cenário). Parece complexo, mas é bem simples. Mesmo porque você usa poucos botões do controle: além do direcional, temos um botão para pular, outro para dar espadadas e outro para interagir. Aliás, um dos momentos mais mágicos do jogo é interagir com a ratinha.
Idioma: Inglês (com opções em outras línguas, incluindo espanhol)
Jogue com: Dualshock 4
[Baixe aqui a demo de ‘Moss’, incluída no Demo Disc 2 do PSVR]
[Review completo: ‘Como resistir à fofura arrebatadora de ‘Moss’?]

2. RUN DOROTHY RUN

É fato que garotas gostam de dançar (OK, não todas, não vamos cair nos estereótipos). Mas jogos como ‘Just Dance’ e ‘Dance Central’ costumam fazer sucesso entre elas. Ainda não temos algo exatamente igual no Playstation VR, mas o game rítmico-musical ‘Run Dorothy Run’ é o mais próximo disso. No jogo, inspirado pela obra ‘O Mágico de Oz’, você se movimenta o tempo todo, ao som de músicas bem animadas, enquanto coleta vários cristais que vão aparecendo pelo caminho, usando um par de PS Moves. O suingue da trilha dita o ritmo do jogo e, quando percebe, você já está dançado. É altamente recomendado jogar de pé. O game tem vários níveis de dificuldade e registra a sua pontuação a cada partida. Que tal disputar com ela para ver quem é o rei da pista de dança no mundo mágico de Oz?
Idioma: Inglês (áudio, interface e menus)
Jogue com: Dois PS Moves
[Review completo: Corra sem sair do lugar no ritmo do divertido ‘Run Dorothy Run’]

3. SCULPTRVR

Vamos admitir: elas têm um senso artístico muito mais apurado do que o nosso. Aplicativos como ‘CoolpaintrVR’ e este ‘SculptrVR’ permitem que você libere toda a sua criatividade, com várias ferramentas simples para você criar suas próprias obras de arte. Entre os dois, escolhi ‘SculptrVR’ por ser um pouco mais completo e permitir mais liberdade de criação. Além disso, esta experiência possui uma galeria online onde você pode acessar os trabalhos dos outros jogadores (da última vez que acessei, tinha mais de 300 obras, uma mais incrível que a outra). Em breve, o aplicativo deve receber uma atualização que permitirá você exportar a obra para um pen-drive e imprimi-la em uma impressora 3D, por exemplo. Será a sua arte virtual tornando-se real. Tentador, não?
Idioma: Inglês (interface e menus)
Jogue com: Dois PS Moves
[Review completo: Simples e intuitivo, ‘SculptrVR’ permite você criar suas próprias esculturas]

4. UNTIL DAWN: RUSH OF BLOOD

Este aqui é voltado para as namoradas que curtem um terrorzinho. Focado na história, o game ‘Until Dawn’, do PS4, é um dos games mais legais para se jogar com a namorada. Nada mais engraçado do que passar o controle pra ela na hora em que o negócio vai feder e responsabilizá-la pela morte de algum personagem. O spin-off ‘Rush of Blood’ se passa dentro desse universo, povoado por palhaços assassinos, aranhas gigantes, fantasmas, psicopatas macabros e, claro, os aterrorizantes wendigos. Será que essa moça corajosa será capaz de encarar um passeio neste trem fantasma repleto de sustos? Durante o jogo, você usa vários tipos de armas, mas os controles são bem simples: é só mirar e atirar. Para recarregar, basta balançar as armas. E ainda tem vários níveis de dificuldade, tornando-o perfeito para gamers casuais. A narração, na versão do game para as Américas, está toda em português, assim como os menus.
Idioma: Português (áudio e interface)
Jogue com: Dois PS Moves (recomendado) ou Dualshock 4

5. SPRINT VECTOR

Fechando o Top 5, temos uma das melhores experiências disponíveis no Playstation VR para quem gosta de se movimentar. Então, este aqui vai para as garotas que curtem esportes e patinação, pois é exatamente isso que o game oferece. Com controles bastante intuitivos usando os PS Moves, você participará de corridas que envolvem patinação, escalada, saltos e até voo à la Superman. O título só está em último lugar na lista porque é um pouco mais difícil para aprender, mas possui um tutorial completo, inclusive com vídeos dentro do jogo, que te ensinam passo a passo cada um dos movimentos. Em pouco tempo, ela estará patinando como uma profissional. As disputas podem ser contra o computador ou online, contra outros jogadores, tornando o game ainda mais divertido.
Idioma: Inglês (áudio, interface e menus)
Jogue com: Dois PS Moves
[Review completo: ‘Sprint Vector’, uma obra prima em realidade virtual]

[top 5] Os cinco melhores jogos VR em promoção na Flash Sale!

A PS Store está realizando neste fim de semana mais uma edição da Flash Sale!, trazendo mais de duas centenas de títulos em oferta, sendo 17 para o Playstation VR. As ofertas estão bem atraentes e chegam a até 80% de desconto. Na lista abaixo, separei cinco títulos que considero os melhores entre os jogos em oferta, levando em conta especialmente o preço pago por eles na promoção. Todos os cinco estão com 60% de desconto na PS Store do Brasil. Mas atenção: a promoção só vai ate segunda-feira, dia 25.

[Confira a lista completa dos títulos PSVR em promoção]

Vale dizer que, infelizmente, ainda não joguei todos os 17 títulos disponíveis na promoção, casos de ‘Theseus’, ‘Psychonauts in the Rhombus of Ruin’ e ‘Radial-G: Racing Revolved’, que talvez merecessem um lugar nesta lista. Portanto, a relação abaixo é pessoal, mas garanto pra vocês que são ótimos jogos. Por menos de R$ 140, dá pra comprar cinco ótimos títulos para a sua coleção.

TOP 5

Os cinco melhores jogos PSVR em promoção na Flash Sale!

1. DOOM VFR
O lançamento de ‘Doom VFR’ foi cercado de um hype gigantesco – e não é pra menos: pela primeira vez, o shooter que deu origem ao gênero FPS chegava à realidade virtual. No entanto, o jogo, que traz uma história paralela à de ‘Doom’, acabou decepcionando um pouco, pela curta duração (cerca de 2h a 3h) e pelos controles confusos. Mas, com desconto de 60%, torna-se imperdível. Com belos gráficos, herdados de sua versão em tela plana, o título tem vários níveis de dificuldade , oferecendo um bom desafio até no menor deles. É hora de explodir hordas de demônios!
Jogue com: Aim Controller, 2 PS Moves ou Dualshock 4
Idioma: Português
Quanto? De R$107,50 por R$53,75
[Review completo aqui]

2. ARCHANGEL
O que dizer de um jogo em que você controla um robozão semelhante aos do filme ‘Círculo de Fogo’ e sai por aí espalhando destruição sobre tanques, soldados e naves inimigas? Não vejo diversão mais relaxante. O preço cobrado na Flash Sale é uma bagatela (tá certo que ele já chegou a custar incríveis R$ 18 em uma promoção anterior, mas acho difícil que isso se repita). O jogo é um on-rails shooter (nos moldes de ‘Rush of Blood’). Isso significa que você não controla a movimentação do mecha, apenas suas armas e também usa os braços para golpear inimigos próximos e se defender com o escudo. O jogo traz bons gráficos, uma campanha com cerca de 3 a 4 horas de duração, além diversos upgrades para o seu variado arsenal. A sensação de estar pilotando um mecha que responde exatamente aos seus movimentos com os braços é bem imersiva. E o jogo possui vários níveis de dificuldade, sendo difícil até no fácil. Recentemente, ganhou um modo multiplayer para os PCVRs, mas não há previsão de ele vir para o PSVR, infelizmente.
Jogue com: 2 PS Moves (recomendado) ou Dualshock 4
Idioma: Inglês
Quanto? De R$ 91,90 por R$ 36,76

3. THUMPER
‘Thumper’ é um jogo rítmico-musical como nenhum outro. O gameplay lembra um pouco um ‘Guitar Hero’, na época em que você jogava com controle porque não tinha grana pra comprar uma guitarrinha de plástico. No entanto, ele exige uma precisão e uma atenção como nenhum outro jogo do gênero. A velocidade também é assustadora, assim como a temática, que gira em torno de um besouro espacial enfrentando monstros ameaçadores. Aliás, esses monstros ficam incríveis em realidade virtual, assim como a própria ambientação, com túneis macabros que parecem te levar a outra dimensão. Tem um ótimo nível de dificuldade e novos elementos vão sendo adicionados a cada fase. A trilha sonora pulsante dita o ritmo das nove fases do game, divididas em vários trechos, encerrando com uma boss battle cada uma.
Jogue com: Dualshock 4
Idioma: Português
Quanto? De R$61,50 por R$24,60
[Demo disponível no Demo Disc 1 do PSVR. Baixe aqui]

4. DYING: REBORN
Este jogo é um puzzle em estilo escape room que te coloca como prisioneiro em uma espécie de hotel abandonado. Para escapar, você terá que resolver vários quebras-cabeça, que vão aumentando de dificuldade aos poucos. O último deles aparenta ser insolúvel e requer raciocínio bastante afiado. A parte ruim é que são apenas três fases em realidade virtual, por isso só recomendo pegar este jogo em uma promoção, como a atual. O “bundle” contém outras três fases, mas em tela plana. Importante ressaltar que o jogo pode causar um certo enjoo, já que possui movimentação livre, com o controle. Eu não compraria pelo preço cheio, mas pelo valor promocional, as três fases em VR valem o investimento.
Jogue com: Dualshock 4
Idioma: Inglês
Quanto? De R$35,90 por R$14,36

5. EVE: GUNJACK
O último jogo da nossa lista é um shooter espacial do universo de ‘EVE’, o mesmo de ‘Valkyrie’. Neste game, você controla um canhão para proteger uma nave mineradora contra o ataque de centenas de naves. Sim, centenas. Elas vêm em formações aéreas que lembram os antigos arcade shooters. Sua posição é estática, o que torna o jogo livre de enjoo. São várias fases para bater, com alguns bosses pelo caminho. Infelizmente, o arsenal não é muito variado: você conta apenas com duas metralhadoras para dizimar os inimigos. No decorrer das fases, pode coletar alguns power-ups, que dão um pouco mais de variedade à jogatina. A narração, por parte do seu comandante, rende boas risadas, com suas frases de “incentivo”. Pelo preço da promoção, é uma ótima pedida.
Jogue com: Dualshock 4
Idioma: Inglês
Quanto? De R$15,50 por R$6,20

[top 5] Cinco experiências que justificam a aquisição de um Playstation VR

Não vamos negar: o Playstation VR é um acessório caro – hoje, bem menos do que era há 19 meses, quando foi lançado. Além disso, é fato que o PSVR não recebe com a frequência que a gente gostaria jogos “triplo A” – aqueles que atingem o mais elevado grau de qualidade que determinada geração de games pode oferecer e, com isso, atraem massivo interesse do público. No entanto, é possível selecionar entre os quase 200 títulos já lançados para o Playstation VR algumas experiências, que sozinhas, justificam a aquisição de um Playstation VR. Acredite: sua vida como gamer muda depois que você experimenta a realidade virtual e todas as suas possibilidades.

Na lista a seguir, selecionei apenas cinco jogos – mas muitos outros ficaram de fora, simplesmente porque é um Top 5. Cada um desses games é uma experiência única e que nunca poderá ser reproduzida por jogos em tela plana. Ou seja, são experiências que só a realidade virtual pode proporcionar. Assistir a um vídeo desses jogos ou ver fotografias nunca vai te dar a real dimensão de como é “estar dentro” o jogo.

Alguns desses títulos, é importante destacar, podem causar enjoo de movimento, pois permitem mais liberdade de movimentação que outros jogos em RV. Darei mais detalhes sobre isso ao final de cada mini-review, junto com o link para as suas demos (se houver).

TOP 5

Cinco experiências que justificam a aquisição de um Playstation VR

RE7

1. Sinta sua espinha gelar em ‘RESIDENT EVIL 7: BIOHAZARD’

Jogos de terror em tela plana assustam, geram tensão e uma boa dose de sustos, é verdade. Mas nada se compara a jogar ‘RE7’ em realidade virtual. A sensação de que você está dentro daquela casa amaldiçoada é simplesmente incomparável. Você sente todo o clima de podridão que envolve a casa dos Baker, onde perigos se escondem em cada esquina e você pode se assustar até com a sua própria sombra. O jogo tem um bom nível de desafio, com pelo menos 10 horas de gameplay, e conheço alguns jogadores por aí que não conseguiram terminá-lo não pela dificuldade em si, mas por puro medo mesmo. E eu não estou brincando! Completando tudo isso, ainda tem as DLCs, sendo ‘Not a Hero’ gratuita – mas também tem ‘End of Zoe’ e as quatro ‘Gravações Proibidas‘.

Jogue com: Dualshock 4. Infelizmente, não é possível jogá-lo com os PS Moves ou mesmo a Aim Controller. Mas o DS4 funciona bem, com a mira sendo feita com a sua cabeça.

Dá enjoo? ‘RE7’ é um jogo de movimento livre e, sendo assim, pode dar enjoo em alguns jogadores. Não há opção de teleporte, mas o jogo possui algumas configurações que podem aliviar os momentos de citetose. Vale lembrar que a movimentação do protagonista é lenta, o que ajuda a evitar o problema.

Possui demo? Sim. São duas: uma curta, chamada ‘Kitchen’ (disponível no Demo Disc 1 do PSVR), e outra mais longa, chamada de ‘The Beggining Hour’.

[Baixe a demo ‘The Beggining Hour’ aqui]

farpoint

2. Enfrente aranhas saltadoras em um planeta hostil armado só com a Aim Controller em ‘FARPOINT’

‘Farpoint’ é o jogo que marcou o lançamento da Aim Controller e, até hoje, nenhum outro game fez melhor uso da “arma” do PSVR do que este FPS futurista. Não vamos negar: ‘Farpoint’ e a Aim Controller foram feitos um para o outro. É verdade que é possível jogá-lo também com o Dualshock 4, mas a experiência perde um pouco em imersão, já que segurar o controle não é o mesmo que segurar a Aim. A “arma” do PSVR reproduz fielmente as armas que você irá encontrar no jogo e a sensação de estar segurando um fuzil de assalto ou uma escopeta de verdade é grande. Fora isso, ‘Farpoint’ oferece uma campanha sólida, de cerca de 4 a 6 horas de duração, com desafio bem balanceado, cutscenes bem dirigidas (coisa que muitas vezes falta nos jogos para PSVR) e inimigos variados – incluindo aranhas de todas as cores e tamanhos, robozões, drones e aliens. Com a liberdade de movimento que a Aim Controller propicia, é simplesmente imperdível. Completando o pacote, ainda temos modos cooperativo (para dois jogadores) e competitivo (1×1, em que você pode chamar aliados NPCs pra te ajudar).

Jogue com: Aim Controller (recomendado) ou Dualshock 4. Com o DS4, ‘Farpoint’, é ótimo. Com a Aim, é obrigatório.

Dá enjoo? Sim, ‘Farpoint’ pode dar bastante enjoo em alguns jogadores. Trata-se de um FPS, com liberdade total de movimento (não há opção de teleporte). Há algumas configurações para diminuir o problema, principalmente em relação ao giro do corpo do jogador: o giro em graus elimina este mal-estar. Recomendo jogar em doses “homeopáticas”, até se acostumar.

Possui demo? Não.

superhot

3. Desvie de balas como se fosse o Neo em ‘SUPERHOT VR’

“O tempo só se move se você se mover”. É esta a mecânica básica por trás de ‘Superhot’, desde que foi lançado em tela plana, em 2016. Mas o que os desenvolvedores descobriram é que esta mecânica é muito melhor aproveitada nos headsets de realidade virtual e lançaram, em 2017, o ‘Superhot VR’. Nele, você usa o tracking do headset para literalmente desviar de balas como se fosse o herói Neo, de ‘Matrix’. O jogo permite ainda que você se movimente fisicamente dentro de uma determinada área de jogo, seja para se esconder dos tiros inimigos ou golpeá-los. Com um par de PS Moves, você vai usar uma boa variedade de armas de fogo, mas as balas não duram muito – então você pode improvisar, jogando-as nos inimigos ou apelando para armas brancas, como facas, shurikens, cutelos “y otras cositas más”. Graficamente, o visual do jogo pode estranhar os mais desavisados, mas do lado de dentro a coisa muda de figura e os inimigos quadradões e o cenário “clean” ganham outro sentido, nesta realidade virtual dentro da realidade virtual.

Jogue com: Um par de PS Moves, que vão emular as mãos do jogador. Não há outra opção de controles.

Dá enjoo? Zero. É um jogo estático – seus únicos movimentos para caminhar são os que você fizer no mundo real mesmo.

Possui demo? Não.

WIPEOUT

4. Controle um veículo futurista e faça manobras ousadas em velocidades absurdas em ‘WIPEOUT OMEGA COLLECTION’

Seja você um amante dos jogos de corrida ou não, ‘Wipeout Omega Collection’ é uma experiência obrigatória pra quem possui um PSVR. Se você tem o headset mas nunca jogou, sugiro você ir à PS Store agora e baixar (são 15 GB só de demo). ‘Wipeout’ é uma das experiências mais completas do PSVR, reunindo três jogos em um, todos em realidade virtual e com veículos futuristas dos mais variados. Cada campanha traz uma grande variedade de pistas e desafios, com loopings e manobras arrojadas. Com gráficos perfeitos e nítidos, supera facilmente os outros três jogos de corrida mais famosos do PSVR (‘Driveclub VR’, ‘Dirt Rally VR’ e ‘Gran Turismo Sport’). Dentro do veículo, você tem toda a visão do cockpit, como se estivesse na pista mesmo. Um fato curioso é que controlar essas máquinas em RV é mais fácil do que em tela plana (não me perguntem por quê).

Jogue com: Dualshock 4.

Dá enjoo? Depende. ‘Wipeout’ tem uma série de configurações para deixá-lo mais confortável para os iniciantes em RV. Acredito que, com essas opções, o enjoo seja quase zero. Para quem não sofre desse mal, sugiro desligar o “blinder” (que escurece as laterais do veículo) e colocar a visão na perspectiva do piloto. Desse modo, você vai literalmente girar a cada looping. Não tem emoção melhor em RV.

Possui demo? Sim.

[Baixe a demo de ‘Wipeout Omega Collection’ aqui]

TO THE TOP

5. Escale até o topo do mundo e desafie a gravidade em ‘TO THE TOP’

O caçula desta lista conquistou seu lugar com bastante merecimento. ‘To the Top’ tem uma proposta de gameplay diferente de tudo o que já vimos no Playstation VR – e como ele é divertido! ‘To the Top’ se vale dos recursos da RV para proporcionar uma liberdade poucas vezes vista no Playstation VR e no mundo dos games em geral. Seu objetivo é chegar de um ponto A a um ponto B, pulando e escalando no melhor estilo parkour, mas usando só as mãos. A melhor experiência de jogo é com um par de PS Moves, que vão simular as mãos do jogador. Com eles você poderá se agarrar em estruturas azuis para alcançar alturas inimagináveis, escalando torres e ficando dependurado em arranha-céus, por exemplo. Toda vez que eu o jogo eu chego a uma conclusão: os desenvolvedores desse game só podem ser doidos. A sensação de que você a vários metros de altura é bem real. Aliado a isso, o game possui uma das melhores e mais animadas trilhas sonoras já ouvidas no PSVR. Completando o pacote, ainda temos um multiplayer cooperativo e competitivo, além de itens cosméticos para desbloquear.

Jogue com: Um par de PS Moves (recomendado) ou Dualshock 4.

Dá enjoo? Não. O game usa um tipo de movimentação que reduz ao máximo a possibilidade de cinetose. Mas é possível que cause uma certa vertigem em quem tem medo de altura.

Possui demo? Não.

[Confira o review completo de ‘To the Top’ aqui]