Beta aberta de ‘Space Junkies’ começa nesta quinta-feira

Começa nesta quinta-feira, dia 21 de março, a beta aberta do game ‘Space Junkies’, da Ubisoft. O jogo é um multiplayer competitivo com partidas 2 x 2 em sistema cross-platform, entre Playstation VR, Oculus Rift, HTC Vive e Windows Mixed Reality. A beta estará disponível para download amanhã, na PS Store do Brasil.

A beta ficará disponível para ser jogada gratuitamente a partir das 14h (horário de Brasília) desta quinta-feira, 21. O período de testes terminará às 8h de 24 de março (domingo) no Playstation VR, e às 8h de 25 de março (segunda-feira) nas plataformas Oculus Rift, HTC Vive e Windows Mixed Reality.

Amanhã, logo no início da beta, teremos live no canal PSVR Brasil, a partir das 14h. Acesse: www.youtube.com/c/psvrbrasil.

A beta aberta permitirá aos jogadores testarem ‘Space Junkies’ de graça antes do lançamento mundial, na próxima terça-feira, 26 de março, e oferecerá a mesma experiência do jogo completo, com quatro modos PvP (player versus player), diversos mapas e muitos personagens com características únicas.

No Playstation VR, será possível jogar apenas com o Dualshock 4 – já que, como vocês sabem, os Moves não possuem direcionais e seria praticamente impossível jogar uma game como esse com eles, devido à movimentação em 360º.

Graças ao suporte total entre plataformas, os jogadores de PSVR e PCVR (Oculus Rift, HTC Vive e Windows Mixed Reality) também poderão se enfrentar ou jogar no mesmo time, tanto no beta quanto após o lançamento de ‘Spacie Junkies’.

Desenvolvido pela Ubisoft Montpellier, ‘Space Junkies’ é um arcade shooter com jetpacks criado exclusivamente para jogar em realidade virtual. O jogo traz um modo multiplayer de ação rápida, arenas orbitais em três dimensões e personificação total dos personagens para que o jogador use suas mãos e corpo para manipular intuitivamente o ambiente e as armas. Além disso, ‘Space Junkies’ deverá receber atualizações de conteúdo de forma regular após o lançamento, incluindo novos modos, mapas, armas e itens de personalização.

A Ubisoft é uma das grandes empresas que mais têm investido em realidade virtual. ‘Space Junkies’ é o seu quinto jogo lançado para o Playstation VR. Seus lançamentos anteriores para o PSVR foram: ‘Eagle Flight’, ‘Werewolves Within’, ‘Star Trek: Bridge Crew’ e ‘Transference’.

Saiba mais sobre ‘Space Junkies’ em https://www.ubisoft.com/pt-br/game/space-junkies.

Assista ao trailer de lançamento da beta aberta

[review] ‘Assassin’s Creed Odyssey’ renova uma das franquias de maior sucesso dos games

Depois de mais de 140 horas jogando ‘Assassin’s Creed Odyssey’, meu mapa do jogo ainda estava cheio de áreas a descobrir e missões que ainda não cumpri. A Ubisoft fez um trabalho monumental para recriar o mundo grego, de ponta a ponta, como nenhum jogo havia feito antes na história dos games. Às vezes tenho a impressão que esse jogo nunca termina. E não termina mesmo: o estúdio está lançando atualizações constantes, com novos conteúdos e desafios, como o mais recente update, que subiu o level máximo de 50 pra 70.

Assista aqui ao vídeo review de ‘Assassin’s Creed Odyssey’

Há quem fale por aí que ‘Odyssey’ não é um legítimo ‘Assassin’s Creed’. Pra quem nunca foi muito fã da série, por exigir um certo nível de furtividade e paciência para eliminar os inimigos, ‘Odyssey’ é o melhor já lançado até hoje. A furtividade do assassino ainda está presente no jogo, mas se você preferir um estilo mais agressivo, terá um leque variado de armas, armaduras e habilidades pra enfrentar os inimigos no mano a mano.

Isso permite que o jogo seja acessível a todos os jogadores. E até quem não manja muito dos paranauês de se esconder para conseguir uma morte limpa vai se dar bem. Mesmo porque os guardas não estão tão espertos quanto antigamente. Talvez os fãs da série estranhem um pouco ver tantos soldados de costas ou parados, mas acredito que essa escolha se deu pra deixar o jogo mais acessível pros novatos.

‘Assassin’s Creed Odyssey’ tem um mapa gigantesco, que reproduz com riqueza de detalhes a Grécia Antiga dos tempos de Sócrates, Hipócrates, Heródoto, Péricles e muitos outros personagens históricos. A trama se passa em pleno período da Guerra do Peloponeso, conflito que colocou Atenas e Esparta frente a frente numa batalha sangrenta pelo domínio da Grécia.

Durante o gameplay, você ainda vai encontrar criaturas mitológicas e utilizar armas e armaduras que pertenceram a deuses e heróis lendários, como Hércules, Aquiles, Prometeu, Teseu, Artemis, Poseidon e muitos outros. De quebra, ainda terá um gostinho de controlar o rei Leônidas na famosa batalha dos 300. Seu personagem (Kassandra ou Alexios) é descendente do general espartano e usa a ponta da lança de Leônidas para praticar execuções pra lá de violentas.

‘Odyssey’ tem gráficos incríveis, controles bastante responsivos e jogabilidade irretocável. O áudio dá um show à parte – e se o sotaque da dublagem original te incomodar, você pode optar pelo áudio em português, que às vezes soa um pouco artificial, mas é competente na maior parte do tempo.

VALE A PENA?

‘Assassin’s Creed Odyssey’ desponta como um dos melhores jogos lançados neste ano. O jogo renova a série de uma maneira ainda mais profunda do que ‘Origins’, de 2017, adicionando novos elementos de jogabilidade que o transformam em um legítimo RPG de ação. Com isso, o game abre as portas para os novos jogadores conhecerem uma das franquias de maior sucesso de todos os tempos. Nota: 10/10.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Título: Assassin’s Creed Odyssey
Gênero: RPG de ação
Estúdio: Ubisoft
Plataformas: Playstation 4 (usada neste review), Xbox One e PCs
Idiomas: português (áudio e legendas) e inglês (original)
Preço: R$ 199,99 (PS Store BR)
Jogadores: 1 (sem modo online)

[Este review foi feito com cópia digital gentilmente cedida pela Ubisoft]

[review] Enigmático e intrigante, ‘Transference’ é uma experiência indispensável no Playstation VR

‘Transference’ é o quinto jogo de realidade virtual da Ubisoft, um dos grandes estúdios que mais têm investido nessa área. Dessa vez, a Ubisoft Montreal se uniu ao estúdio SpectreVision, do ator Elijah Wood, para criar um jogo enigmático, que mistura elementos de suspense, puzzles e alguns sustos. O review a seguir foi feito no PS4 Pro, usando o Playstation VR.

Assista à versão em vídeo do review:

HISTÓRIA

No jogo, você entra virtualmente no apartamento de uma família atormentada, enquanto revive as memórias corrompidas de seus integrantes e tenta descobrir o que aconteceu lá. Raymond Hayes, o pai, conduz experimentos científicos na casa. Katherine, a mãe, é uma musicista de sucesso que parece frustrada com o comportamento obsessivo do seu marido. O garoto Ben, por fim, sente muita falta de sua cadela, Laika, que desapareceu. Ele também deixou rabiscos assustadores pelas paredes. O resto da história você terá que descobrir por conta própria, já que este é um dos maiores atrativos do jogo.

IMERSÃO

Depois de experimentar uma centena de jogos de realidade virtual, posso assegurar que ‘Transference’ é uma das experiências mais imersivas do Playstation VR. Isso se deve a um grau de definição gráfica perfeito, com serrilhados quase imperceptíveis, ausência total de borrados e uma nitidez incomparável. O áudio contribui para criar uma atmosfera de mistério que faz você se sentir dentro de um episódio da famosa série ‘Black Mirror’. Esta imersão só é prejudicada pela ausência de controles de movimento, o que impede que você interaja de maneira mais natural e realista com objetos, estantes, gavetas, etc. Seu personagem também não tem corpo nem braços, o que soa um pouco estranho.

transference_review

CONTROLES

Você joga usando o Dualshock 4. Não há suporte aos Moves. A locomoção é livre, sem uso de teleporte. Para quem sente enjoo em realidade virtual, há várias opções anti-cinetose, incluindo o giro em graus e a vinheta que reduz o campo de visão (conhecida como “blinder”). Além disso, a movimentação é lenta, o que também ajuda a reduzir o desconforto. Para quem não tem esse problema, a notícia ruim é que não tem um botão pra andar mais rápido.

GAMEPLAY

Seu objetivo será explorar a casa, resolver puzzles e encontrar objetos para entrar em todos os cômodos do apartamento. Mas não é tão simples: realidades distintas se misturam e você terá que alternar entre elas para seguir em frente. A história é contada através dos documentos que você encontra pelo caminho, além de vídeos, áudios e rápidos encontros com membros da família. O jogo possui várias opções de idiomas. Uma delas é o português do Brasil, com opções de dublagem e legendas. O jogo tem troféus e coletáveis, mas não há platina. A campanha dura cerca de 1h30 a 2 horas.

Confira o nosso gameplay no canal PSVR Brasil:

PLATAFORMAS

O game está disponível para Playstation 4, Xbox One e PCs. Tem suporte para realidade virtual nos headsets Playstation VR, HTC Vive e Oculus Rift. O jogo possui ainda uma demo gratuita, que complementa a história principal e traz outros personagens..

Clique aqui e baixe a demo de ‘Transference’ na PS Store do Brasil


VALE A PENA?

‘Transference’ tem gráficos lindos e proporciona uma imersão incomparável em realidade virtual. Sem dúvida, estamos diante de algo que não se vê todos os dias no Playstation VR. No entanto, a ausência de controles de movimento prejudica um pouco a interação com o mundo do jogo. Além disso, a campanha é curta e dura tanto quanto um filme de longa-metragem. Mas, diante de um final intrigante, é quase certo que você vai querer jogar de novo. No final das contas, ‘Transference’ é uma experiência de realidade virtual indispensável. Nota: 9/10 [Excelente].


INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Título: Transference
Estúdio: Ubisoft Montreal e SpectreVision (https://www.ubisoft.com/pt-br/game/transference)
Gênero: Thriller, exploração
Lançamento: 18 de setembro de 2018
Plataformas: Playstation VR (usada neste review), HTC Vive e Oculus Rift [realidade virtual] | Playstation 4, Xbox One e PCs [tela plana]
Preço: R$ 76,90 (PS Store BR) | R$ 79,99 (Steam)
Idioma: Português (dublagem, legendas e interface)
Controles: Dualshock 4
Jogadores: 1 (sem modo online)

[Este review foi feito no Playstation VR + PS4 Pro, com mídia digital cedida pela Ubisoft]

Assista ao trailer de ‘Transference’

PS Stores da Austrália e Europa disponibilizam demo gratuita de ‘Transference’ em primeira mão

Foi disponibilizada neste domingo, 19, nas PS Stores da Austrália e Europa uma demo gratuita do game ‘Transference’, que será lançado no próximo dia 19 de setembro pela Ubisoft. O jogo é uma parceria da Ubi com o estúdio SpectreVision, do ator Elijah Wood, o eterno Frodo de ‘O Senhor dos Anéis’. A demo já está disponível na PS Store do Brasil.

Clique aqui para baixar a demo na PS Store do Brasil

A demo, chamada de ‘Transference: The Walter Test Case’, tem 1,39 GB e pode ser jogada tanto em realidade virtual, com o Playstation VR, quanto em tela plana. A demonstração tem áudio em inglês. Não encontrei opções em outros idiomas.

Confira aqui o gameplay que fiz no Playstation VR (PS4 Pro):

 

De acordo com a descrição, trata-se de uma “prequel” que se passa antes dos eventos do jogo principal. Você irá participar de um experimento explorando a mente de uma pessoa que sofre de PTSD (transtorno de estresse pós-traumático, na tradução em português). Você joga usando o Dualshock 4.

Você irá resolver quebra-cabeças mentais enquanto conserta memórias corrompidas. No gameplay, você também irá trocar entre múltiplas perspectivas enquanto tenta unir as peças da história.

O jogo será lançado no dia 18 de setembro de 2018, tanto para tela plana (Playstation 4, Xbox One e PCs) quanto para realidade virtual (PSVR, HTC Vive e Oculus Rift). No Playstation, o jogo já está em pré-venda e custa R$ 76,90 (ou US$ 24.99).

Clique aqui para baixar a demo na PS Store da Austrália

Clique aqui para baixar a demo na PS Store do Reino Unido

Clique aqui para baixar a demo na PS Store de Portugal

Assista ao trailer de ‘Transference’

Saiba mais sobre o game ‘Transference’